quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

REUNIÃO COM O SECRETÁRIO DE SAÚDE

Como prometido, na tarde de hoje o secretário de saúde, Luciano Paz, recebeu a diretoria do SACEMA, em pauta, mais uma vez as reivindicações da categoria.

Na oportunidade o secretário afirmou que ainda não possuía resultado para o pleito do fim da unificação, mas que em breve o estudo estará concluído e terá uma resposta concreta, afirmou ainda que os resultados tem sido satisfatórios. No ponto reaproveitamento dos ACS no setor administrativo o SACEMA reafirmou sua posição contrária, pois há o entendimento que a dupla função trás danos a qualidade de vida do trabalhador.

Luciano questionou a cerca da operação tartaruga, a diretoria expôs que essa era uma das nossas formas de protesto, e que isso é apenas o começo, e que se nossa situação não mudar, ainda há muito por vir, inclusive a greve.

O SECRETÁRIO APROVEITOU AINDA PARA NOS INFORMAR QUE AMANHÃ, 05/02, OCORRERÁ O PAGAMENTO DO SALÁRIO DE TODOS OS SERVIDORES DA SAÚDE, E QUE NO MAIS TARDAR, ESTARÁ DISPONÍVEL PARA SAQUE NA MANHÃ DE SÁBADO.

É PRECISO MANTER NOSSA UNIÃO, É PRECISO MANTER NOSSA MOBILIZAÇÃO, O RESPEITO SÓ VIRÁ ATRAVÉS DA LUTA!

JUNTOS SOMOS FORTES!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

ASSEMBLEIA DIA 02 DE FEVEREIRO


REUNIÃO COM O SECRETÁRIO DE SAÚDE


Na manhã de hoje estivemos reunidos com o secretário de saúde, na oportunidade tratamos da agenda de reivindicações da categoria, principalmente dos últimos fatos.

A reunião teve início pela polêmica dos últimos dias, o "reaproveitamento dos Agentes Comunitários de Saúde no setor administrativo das unidades de saúde, o secretário iniciou dizendo primeiro qual foi o critério utilizado, segundo o gestor, foram escolhidos aqueles que de alguma forma já ajudavam nas atividades da unidade saúde, que já davam sua parcela de contribuição no desenvolvimento das atividades administrativas, em seguida Luciano afirmou de forma veemente que aquele que aceitar o convite, terá de manter a sua produtividade em sua área, ou seja terá que cumprir com todas as metas, afirmou ainda que na próxima semana já haverá capacitação com os trabalhadores, o secretário levantou também a questão da economia que será feita por conta do corte de 63 funcionários terceirizados, o montante chega a cifra de 180 mil reais, por mês, É IMPORTANTE DIZER AINDA QUE ESSE REAPROVEITAMENTO É FACULTATIVO, ACEITA QUEM QUISER, NÃO HÁ NADA OBRIGANDO NINGUÉM A EXERCER ESSA DUPLA FUNÇÃO, QUE NÓS, DA DIRETORIA, JULGAMOS SER EXTREMAMENTE DANOSO A SAÚDE DO TRABALHADOR.

Ainda na reunião foram levantados outros assuntos, como a questão do protetor solar, onde o secretário que estaria se reunindo hoje a tarde com o secretário da SEPLOG, Igor Albuquerque, para definir uma solução para o problema, outro assunto foi a questão do plano de carreira específico para a nossa categoria, como manda lei, onde o secretário ficou de se posicionar na próxima reunião, levantamos ainda o atraso dos vales transporte, a informação que nos foi passada é que já foi feito o repasse.

Questionamos ainda ao secretário que, se eles vão retirar do combate a dengue uma quantidade significativa, é sinal de que já não há tanta necessidade dos agentes estarem inseridos, dessa forma, no combate, o secretário pediu o prazo de uma semana para avaliar junto a sua equipe e na quinta feira, 4 de fevereiro, voltaremos a nos reunir.

A DIRETORIA DO SACEMA VEM A PÚBLICO, SE POSICIONAR CONTRÁRIA AO REAPROVEITAMENTO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE NO SETOR ADMINISTRATIVO DAS UNIDADES DE SAÚDE, TEMOS O ENTENDIMENTO QUE A FUNÇÃO DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE, POR SI SÓ JÁ EXIGE DEMASIADAMENTE DOS PROFISSIONAIS, PORTANTO, É INADMISSÍVEL QUE ESSE TRABALHADOR SE SUBMETA A MAIS ESSA "ATRIBUIÇÃO", AO PASSO QUE TAMBÉM ENTENDEMOS A FACULTATIVIDADE DO EXERCÍCIO DA FUNÇÃO, PORTANTO RECOMENDAMOS AOS AGENTES QUE NÃO SE SUBMETAM A ESSA SITUAÇÃO, ESSA É NOSSA MELHOR RESPOSTA.

JUNTOS SOMOS FORTES!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

AGENTES DE SAÚDE DE ARACAJU DEFINEM PARALISAÇÃO

Não é de hoje que a gestão municipal de Aracaju não atende aos anseios dos servidores públicos e muito menos da população aracajuana, porém nos últimos tempos a situação tem se agravado, tudo está pior, e a tão sonhada "solução", torna-se cada vez mais um sonho utópico.

Desde a última semana do ano de 2015 que os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias do município de Aracaju, sofrem com a angústia sem saber o dia que irão receber os seus salários, desta vez o prefeito João Alves filho (DEM), instituiu um calendário por letra das iniciais do nome do servidor, calendário esse que não deixa claro quando cada um irá receber os seus vencimentos, como se todas essas barbaridades não bastassem, as férias estão atrasadas desde o mês de novembro, enquanto isso a prefeitura esbanja dinheiro em festa de réveillon cheia de "pompa".

Mas não é só a questão financeira que aflige a categoria, as faltas das condições básicas de trabalho, a ausência de novo concurso público e a dupla função também são problemas recorrentes que tem causado muitos transtornos a todos.

Diante de todos os problemas a categoria não poderia ficar omissa, é preciso dar uma resposta aos gestores da capital sergipana, é de fundamental importância expor toda a indignação dos trabalhadores, pensando dessa forma a diretoria do SACEMA, convocou assembleia para o dia de hoje, 13/01/2016, onde o principal ponto de pauta era PARALISAÇÃO, momento que foi esperado com muita ansiedade, e que, mais uma vez, revelou o desejo por justiça, e como era esperado a paralisação das atividades foi aprovada por unanimidade.

ENTÃO FICOU DEFINIDO QUE NOS DIAS 20 E 21 DE JANEIRO AS ATIVIDADES SERÃO PARALISADAS, AS MOBILIZAÇÕES SERÃO REALIZADAS NA FRENTE DO CENTRO ADMINISTRATIVO PREFEITO ALOÍSIO CAMPOS, A PARTIR DAS 7 HORAS DA MANHÃ, É DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA QUE TODOS COMPAREÇAM, QUE TODOS TRAGAM SUAS REVOLTAS.

JUNTOS SOMOS FORTES!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

NOTA DE REPÚDIO AOS DESMANDOS DA PREFEITURA DE ARACAJU




O salário nada mais é, que a compensação financeira pelo esforço empregado para a realização de um trabalho.
É importante que o povo aracajuano saiba de tudo que ocorre nesse momento com os servidores da prefeitura municipal de Aracaju, é preciso que se torne público o sofrimento que pais e mães de famílias vem sofrendo, é preciso que todos saibam da humilhação que o trabalhador está sendo obrigado a passar.
Servir ao povo dessa cidade é prazer para todos nós, adentramos o serviço público com o intuito de construir lugar melhor para todos os aracajuanos, e de fato trazer a todos qualidade de vida, porém a prefeitura da todos os indícios que não se importa com o povo dessa cidade, nós profissionais servidores estamos sem as mínimas condições de trabalho, nos falta tudo para que possamos servir com qualidade e agora tem virado rotina o atraso de salários e outros benefícios.
Estamos passando por uma verdadeira crise com a questão da microcefalia, as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti só fazem aumentar, e tudo isso fruto do descaso do poder público que não investe nas estratégias de prevenção, são anos cobrando a realização de um novo concurso público e nenhum sinal de resolutividade, e agora depois da crise instalado tentam de toda forma jogar a responsabilidade nos trabalhadores, que por sua vez não tem as minimas condições de trabalho, estamos sobrecarregados, realizando duas funções e até mesmo improvisando para tentar levar um pouco de saúde ao povo dessa cidade.
Nos próximos dias realizaremos assembleia com indicativo de paralisação geral das atividades, é importante lembrar que nós queremos ajudar a todos porém a prefeitura não deixa!
JUNTOS SOMOS FORTES!
SACEMA - SINDICATO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E DOS AGENTES DE COMBATE ÀS ENDEMIAS DO MUNICÍPIO DE ARACAJU

VISITANTES